Vamos falar sobre Bitcoin – a festa está acabando?

Antes de começar, quero esclarecer: comprei bitcoins em meados de 2016, vendi tudo no final do mesmo ano. Estava esperando uma queda maior para comprar mais – obviamente não aconteceu e estou esperando sentado até hoje.

Claro, foi apenas alguns trocados. Nada demais. Com o lucro, comprei ações da Taesa, que estavam com preços atrativos à época.

Depois da minha venda, o bitcoin quadruplicou de valor. Estou triste? Claro que não! Até porque não faço ideia de até onde poderia ir os valores da criptomoeda. Foi uma compra e uma venda especulativa – longe do meu perfil.

Mas alguns fatos me chamaram a atenção:

1) Preocupados com a volatilidade do mercado americano estar nas mínimas, com a iminência de uma guerra EUA-Coreia do Norte e o período de incerteza do Governo Trump, fez com que alguns poucos fundos de investimento comprassem as criptomoedas durante o mês de agosto.

2) Estou recebendo muitos e-mails – em excesso – para que eu me cadastre em cursos, palestras, apostilas e livros tentando explicar o que é o bitcoin. Claro, estão vendendo uma informação para atrair os curiosos de plantão, para entrar na festa também.

3) Um amigo, que sequer sabe o que é CDI, no meio de uma roda de amigos, soltou a seguinte frase: “O que é bitcoin? Dá para ganhar dinheiro com isso?” Fiquei perplexo. E tive um insight. Lembrei na hora da história que antecedeu a crise de 29 pelo Rockfeller. Explico abaixo.

“A história conta que numa manhã de outubro de 1929, o bilionário John Rockefeller, empresário do ramo de petróleo, encontrou seu engraxate como fazia de costume. Enquanto engraxava, o garoto fez o seguinte comentário para Rockefeller: “Senhor, ouvi falar de alguns papeis que irão subir bastante nos próximos dias”. Em estado refletivo, Rockefeller levantou-se, pagou o garoto pelo serviço de engraxate e agradeceu-lhe. Ao voltar ao seu escritório, mandou vender boa parte de suas ações na Bolsa de Valores de Nova York. A justificativa para a atitude foi simples e direta: “Se até o garoto que lustra meus sapatos está sabendo tudo sobre o mercado de ações, então é por que algo muito errado deve estar acontecendo”.

Não confirmo se a história de cima é veredicta. Mas virou uma lenda no mercado financeiro.

Outro caso que me fez refletir foram alguns tuítes que o emprsário Mark Cuban respondeu, após ser sabatinado sobre bitcoins em junho deste ano. Printei as respostas dele, e sabia que um dia, eu iria utilizar.

FullSizeRender-2 FullSizeRender

FullSizeRender-3 FullSizeRender-4

FullSizeRender-5
FullSizeRender-6

FullSizeRender-7FullSizeRender-8

FullSizeRender-9

Claro que todos os investidores de bitcoin fizeram de tudo para que Cuban mudasse de opinião sobre as criptomoedas.

Não sou o dono da verdade. Mas apenas quero deixar algo para você refletir e analisar com calma. #paz




– –

2 thoughts on “Vamos falar sobre Bitcoin – a festa está acabando?

  • agosto 16, 2017 at 2:18 pm
    Permalink

    Esse é o ponto. Toda bolha aconteceu porque o povo comprava sem parar. Seja na crise de 29, nos anos 80 ou na bolha ponto com. O motivo pelo qual o Bitcoin tem subido tanto é o mesmo…

    Não vejo estabelecimentos de tradição aceitando o Bitcoin como moeda. Logo, não vejo solidez no Bitcoin como moeda. Essa história se parece com aquela das Tulipas Holandesas.

    Cada vez mais eu vejo gente dando all-in no Bitcoin. All-in nunca é legal. Quando você chega nesse ponto, você já perdeu o medo e colocou tudo a perder…

    Outro ponto interessante é que sempre batem nessa tecla de que o Bitcoin não tem nenhuma entidade central que regule a disseminação da moeda. Mas desde quando isso foi motivo pra crashes? Geralmente culpam os bancos centrais e as entidades governamentais não pelas crises, mas por não terem tomado ações efetivas após elas acontecerem. Isso fica muito claro ao se estudar a crise de 29. Você não pode culpar o bombeiro pelo incêndio que você causou…

    Não rogo praga de maneira alguma! Quero mesmo é que prospere bastante quem especula em Bitcoin e MGLU3, mesmo sabendo que está jogando contra as probabilidades…

    Reply
    • agosto 16, 2017 at 2:32 pm
      Permalink

      IW, obrigado pelo relato.

      Confesso, que ando meio desconfiado com os Bitcoins. Muita gente investindo dizendo que é o mapa da mima, ou a “Tulipa da vez”.

      Acredito que quem tenha Bitcoin ou outras criptomoedas esteja na hora de realizar esta especulação. Se eu já realizei bem antes, imagine agora!

      Abs,
      50segundos

      Reply

Deixe uma resposta