Por que eu parei de investir em empresas de varejo?

Porque estou em busca de empresas de marketplace, o varejo online. Por isso que parei de investir em empresas que necessitam de lojas físicas para vender, o “varejo físico”.

Não é à toa que Magazine Luiza (MGLU3) mudou a mentalidade e disparou na bolsa, com uma alta de mais de 500% em 2016. Porém, agora, ficou caro demais – será?

Entretanto, temos outros marketplaces listados que, até o momento, estão sendo mal administrados. E se melhorassem um pouco a performance, poderiam ter resultados astronômicos. Quem sabe, ter altas tão expressivas quanto a MGLU3 – mas não tenho bola de cristal para prever isso!

E outros varejistas que querem seguir o modelo da Magazine Luiza e que, aos poucos, estão aumentando a sua participação no varejo online. Basta verificar alguns relatórios e verificar esses números de transformação. Mas que, até então, ainda não refletiram no preço das ações.

Mas por que o varejo físico está “morrendo”?

É só dar uma circulada em algumas cidades, ir ao shopping e ler algumas notícias interessantes. Vou listar abaixo alguns links de diversos veículos:

Michael Kors is shutting down at least 100 stores following ‘catastrophic’ sales declinesBusiness Insider

Why is Walmart closing 269 stores? – CS Monitor

Sears, J.C. Penney, Kmart, Macy’s: These retailers are closing stores in 2017USA Today

Fnac anuncia que irá se retirar do Brasil – Exame

Crise chega a restaurantes tradicionais da cidadeJornal O Globo

Pela 1ª vez em 12 anos, shoppings fecham mais lojas do que abremFolha

Listei algumas notícias internacionais e também casos ocorridos no Brasil. E ainda inclui restaurantes e bares e também lojas físicas de shopping center – sobre shopping, até já publiquei o assunto neste post: Por que o investimento em shopping center não é mais um retorno garantido.

O que quero dizer é que se você pensa em investir no varejo físico é preciso pensar com mais precisão. Não saia vendendo tudo o que puder, caso você tenha investimento em empresas ligada ao varejo físico. Então, por que não pensar em investir no varejo online, em marketplace? Sim, neste momento, estou em busca deste nicho.




– –

12 thoughts on “Por que eu parei de investir em empresas de varejo?

  • junho 6, 2017 at 10:04 am
    Permalink

    O que vc acha da Saraiva (SLED4)?

    Reply
    • junho 6, 2017 at 10:36 am
      Permalink

      Olá, Daniel…

      Recentemente, havia analisado os números de SLED, e os resultados não foram tão animadores assim. A receita vem caindo ano a ano. E também gosto de analisar o EBIT, que atualmente, está bem aquém do que eu havia imaginado.
      Vale lembrar que o EBIT é diferente do EBITDA. EBIT é o Earning Before Interest and Taxes, que seria o Lucro antes dos Juros e Tributos.
      E o modelo de negócio em si de SLED, venda de livros, é concorrência direta da Amazon. No estágio atual não dá para competir com a Amazon.

      Abs,
      50segundos

      Reply
  • junho 6, 2017 at 12:27 pm
    Permalink

    Dificilmente compro algum objeto em lojas, fica mais cômodo, gasto menos tempo e consigo fazer uma pesquisa de preços bem mais ampla quando compro online. Alguns segmentos de lojas físicas serão menos atingidos pela crescente concorrência online. A maioria das pessoas prefere experimentar roupas antes de comprar e é difícil comprar alimentos frescos online.

    Para investimentos é importante ficar de olho, você levantou um ponto muito bom ao relembrar da concorrência online.

    Abraços!

    Reply
    • junho 6, 2017 at 12:49 pm
      Permalink

      Boa, Marcelo!

      Isso resultaria em um belo debate…
      Confesso que relação ao vestuário, eu experimento na loja física e só compro online (sai mais em conta) – mas eu não sou a maioria!
      A loja que perceber que o físico é apenas uma vitrine (para experimentar) e não estoque, vai sair na frente – sim, tem algumas lojas que já perceberam isso!
      Sobre mercados, já vi algumas com anúncios de promoções exclusivas na compra online. Pensando lá na frente, seria uma maneira de transformar o mercado em apenas um depósito de produtos, onde consumidor e produtor se relacionam diretamente – quem sabe!!!
      Vou pensar mais sobre este quesito…

      Abs,
      50segundos

      Reply
  • junho 6, 2017 at 10:42 pm
    Permalink

    É fato, a revolução informacional fez emergir um novo modelo preponderante de negócios, sobretudo a partir da Internet.

    Apesar de que não será decretado o fim das lojas físicas, pois os dois modelos subsistem, certamente elas sucumbirão cada vez mais diante da expansão das lojas eletrônicas. Basta imaginar que no Brasil, ainda hoje, mais pessoas têm acesso à televisão do que aos computadores.

    http://antipoda.com.br/

    Reply
    • junho 6, 2017 at 11:23 pm
      Permalink

      Exatamente isso, Antípoda.

      Boa colocação! Não será o fim da loja física – longe disso! Até porque, vamos precisar do espaço físico, porém com menos intensidade que antes.
      O fato é que eu parei de investir em empresas que tinham a mentalidade apenas no varejo físico. E, agora, estou com olhos para empresas de capital aberto – ou fechado – que estejam voltadas para o marketplace. Porque o varejo online vai crescer no Brasil, sem sombras de dúvidas.

      Vou me alongar na explicação…
      Acredito que em investimentos, é preciso visualizar também os números futuros. É fundamental. Em porcentagem, eu diria que 60% seria prospectar números futuros – imaginar como estará o negócio ou empresa daqui a um ano, cinco, dez… Enquanto isso, os outros 40% seria checar números do passados, seja eles dados e do último semestre, do último ano, dos anos anteriores e por aí vai…

      Abs,
      50segundos

      Reply
  • junho 6, 2017 at 11:28 pm
    Permalink

    Ola. Adorei o site!!
    O que acha de BTOW3 ?

    Reply
    • junho 6, 2017 at 11:50 pm
      Permalink

      Obrigado, Thiago!

      Seja bem-vindo! Sim, estou de olho em BTOW3 – é um marketplace!
      Números atuais ainda bem ruins. Quem sabe, podem melhorar no futuro. Precisa melhorar a eficiência da empresa.
      O que pesa contra a B2W (BTOW3) é o controlador – Lojas Americanas. Empresa voltada para o varejo físico. Confesso que nunca tenho uma experiência boa ao fazer compras na Lojas Americanas, pois acho confuso a loja, muito estoque…

      Enfim, voltemos a falar de BTOW3… Se você pensa no futuro, talvez a BTOW3 seja uma opção, mas de risco. Eu disse, opção de risco!!! Vai que a B2W seja comprada por alguém com uma gestão mais eficiente, vai saber! Vou colocar a empresa na lista para ser estudada com mais afinco!

      Abs,
      50segundos

      Reply
  • junho 7, 2017 at 2:30 pm
    Permalink

    Concordo que é uma ótima estratégia deixar os varejos físicos de lado e procurar outros modelos de negócio na área.

    Aqui na cidade diversas lojas dos shoppings fecharam. Nunca vi tanta sala comercial livre nas ruas de comércio da região.

    Uma grande varejista se instalou aqui há menos de 2 anos e já está de saída.

    Abraço!

    https://investidorwannabe.blogspot.com

    Reply
    • junho 7, 2017 at 3:08 pm
      Permalink

      Boa, Wannabe!

      Concordo com o que foi dito. Muitas salas comerciais e lojas com placas de vende ou alugo. Investir em tijolo, só por ver algo físico ali, talvez, não vá fazer tanto sentido no futuro – dependendo das circunstâncias – claro que o varejo físico não vai “morrer”. O fato é que estou focado em empresas que buscam o varejo online.

      Isso aí, não conhecia seu blog. Está no caminho certo. Primeiro, monte o seu colchão de segurança, é o seu alicerce! Após montada, você vai construindo com outros ativos, aos poucos. Foi exatamente desta forma que eu comecei.

      Abs,
      50segundos

      Reply
  • junho 8, 2017 at 4:46 pm
    Permalink

    Uma coisa complicada desse setor é a margem. Difícil encontrar varejista que trabalha com altas margens de lucro. Não existe uma barreira de entrada forte aos concorrentes.

    Abs.

    Reply
    • junho 8, 2017 at 7:44 pm
      Permalink

      É verdade, KB!
      No varejo, margem é fundamental. Por conta disso, tenho apenas um varejista na minha posição de longo prazo, e já tenho ela há um bom tempo.

      Abs,
      50segundos

      Reply

Deixe uma resposta