Por que ainda somos atrasados no quesito turismo?

Na semana em que ocorreu o GP Brasil de F1, temos a notícia de que para os próximos anos a corrida em São Paulo pode ficar de fora do calendário anual do circuito da Fórmula1.

E isso seria péssimo para a imagem do país!

Este evento na cidade de São Paulo traz visibilidade e atrai turistas do mundo todo.

Para se ter uma ideia, foi uma loucura tentar encontrar algum hotel próximo a região de Interlagos, e olha que eu sequer queria ir para o circuito, foi apenas uma coincidência de calendários e de local.

Se você acredita que o Brasil é um país que atrai muitos turistas, está bem enganado.

Todos esses eventos esportivos, como Copa do Mundo, Olimpíada, Fórmula1 e também outros eventos, como Reveillon e Carnaval são ótimos para a visibilidade daqui no exterior.

O problema é que há um abismo muito grande em alguns aspectos: como se faz o turismo no Brasil, e o que se pode fazer com o turismo e a divulgação do turismo.

Ficou confuso?

Leia este artigo da Super Interessante:
Por que ninguém viaja para o Brasil? Enquanto o turismo cresce no mundo, o Brasil inteiro recebe menos visitantes que Miami. Onde estamos errando?
O texto é de junho de 2016, mas ainda bem atual.

Com a melhora do turismo de estrangeiros e maior divulgação da nossa marca mundo afora, certamente teríamos um gatilho para a melhora econômica do nosso país.




2 thoughts on “Por que ainda somos atrasados no quesito turismo?

  • novembro 15, 2016 at 9:24 am
    Permalink

    Mas no quesito turismo sexual acho que somos bem avançados, rs. Inclusive no GP de F1, fui uma vez na corrida e o que mais vi por lá foram anúncios de casas noturnas e prostitutas.

    abraço!

    Uó!

    Reply
    • novembro 15, 2016 at 9:46 am
      Permalink

      Hehehe… turismo sexual sabe explorar bem neste lado obscuro.
      Claro que aproveitam a concentração de turistas nestes eventos e fazem a sua “propaganda”.

      Abs, Uó, volte sempre!!!

      Reply

Deixe uma resposta