Como investir em uma Startup?

Se você acha que é arriscado investir em ações, imagine em uma startup?

Antes de tudo, é preciso dizer: invista pouco do seu capital. Não ultrapasse mais do que 2 ou 3% do seu capital em uma startup.

Para se ter uma ideia, meu capital investido em startups é de 2%. Ao todo, foram três investimentos em startups e, em breve, estarei aportando na quarta empresa – apenas estudando a possibilidade.

Se você não leu, sugiro a leitura do post anterior: “Por que parei de investir em startup de tecnologia?

Para quem não sabe, investir em startup é arriscado, pois corre sérios riscos do seu capital ser dizimado. Por isso, é preciso estar preparado para isto.

De acordo com as últimas pesquisas, 25% das startups brasileiras não sobrevivem ao primeiro ano. E 74% fecham as portas a partir do 5o ano. Deu para se ter uma ideia que é bem provável que o investimento vá a zero ao longo do tempo. Em contrapartida, quando o negócio dá certo, o retorno é exponencial. Para isso, é preciso conhecer a startup. Caso ocorra novas rodadas de investimento, é preciso analisar a evolução do negócio. Se possível, participe das novas rodadas de capital, para que a sua participação não seja corroída.

Afinal, como faço para encontrar boas empresas? Assim como investir no mercado acionário, é preciso estudar e não sair investindo em qualquer startup por aí.

Eis duas boas plataformas brasileiras, que eu conheço, que ajudam a selecionar algumas empresas interessantes, como a Broota e a Eqseed. Através delas, foram meus investimentos em startups. Tem ainda a americana MicroVentures. Se tiver outra plataforma tão eficiente quanto, pode indicar nos comentários.

Vale lembrar que estas plataformas abocanham uma parcela de um possível sucesso no futuro. Leia atentamente. Por isso, volto a frisar, é preciso pesquisar, analisar o projeto, conversar com os fundadores – sim, há essa possibilidade – e, claro, não vá investir em todas as startups que aparecem no caminho.

Recomendo o livro As Upstarts. Li recentemente e aborda justamente as histórias do Airbnb e do Uber. Conta todas as dificuldades que as startups sofreram até chegar ao ponto de hoje.




– –

6 thoughts on “Como investir em uma Startup?

  • dezembro 19, 2017 at 7:18 am
    Permalink

    Bom saber que esse tipo de investimento está sendo discutido aqui na finansfera.

    O ecossistema de startups aqui no Brasil ainda é muito nascente, mesmo em lugares pioneiros como BH e Recife, e sem dúvida a dificuldade de achar investidores mata várias dessas empresas que poderiam faturar bastante.

    Abs e parabéns pelos investimentos.

    Reply
    • dezembro 19, 2017 at 9:56 am
      Permalink

      Obrigado pelas palavras J. Wes!!!

      Concordo que o ecossistema ainda é muito nascente. Precisa de maturação ainda, isso só com o tempo, além de mais investidores dispostos a entrar nos negócios e mais startups com ideias disruptivas.

      Abs,
      50segundos

      Reply
  • dezembro 20, 2017 at 11:14 pm
    Permalink

    Hoje penso que é mais fácil investir em uma startup através de tokens (criptomoedas). Todavia o risco aumenta exponencialmente. Abraço!

    Reply
    • dezembro 20, 2017 at 11:36 pm
      Permalink

      Pois é, Finanfera$…
      Meu caso, ainda não investiria em nenhum token – mas isso é minha opinião.
      Por enquanto, ainda não invisto em tokens por ver um caminho muito nebuloso, relacionado a hackers, lavagem de dinheiro e criminalidade nas criptomoedas. Mas isso já é um outro longo assunto.

      Abs,
      50segundos

      Reply
  • dezembro 26, 2017 at 5:13 pm
    Permalink

    Bem interessante a iniciativa.

    Achei interessante investir pouco capital, uma vez que o risco bem grande.

    Se der errado voce perde pouco dinheiro, se der certo vc ganha muito dinheiro.

    Abraço e bons investimentos

    Reply
    • dezembro 26, 2017 at 5:39 pm
      Permalink

      Exatamente é esta a perspectiva, DIL.
      Outro ponto fundamental é o tempo. Caso a startup obtenha êxito, o retorno não virá no mês seguinte. E sim, alguns longos meses e, bem provável, que seja até em alguns anos.

      Abs,
      50segundos

      Reply

Deixe uma resposta